7 qualidades que somente os melhores condomínios possuem
5 de novembro de 2019
Roubos no condomínio podem ser diminuídos com a instalação de câmeras
7 de novembro de 2019

8 maneiras inesperadas de ser um melhor síndico hoje mesmo

Mesmo um profissional experiente pode encontrar maneiras de ser um melhor síndico. Procurar aperfeiçoar os processos de gestão e cuidar do relacionamento com as pessoas são o foco principal desta estratégia.

Veja o que você pode fazer para ser um profissional melhor!

Conheça o condomínio detalhadamente

Uma maneira simples de ser um melhor síndico é garantindo que o seu condomínio está organizado, limpo e recebe elogios de quem o frequenta.

Para que isto aconteça, é necessário que, periodicamente, o síndico deixe as questões administrativas um pouco de lado para andar pelo condomínio.

Esta é uma ótima oportunidade para se conversar com os funcionários e condôminos e também para observar necessidades de manutenção, verificar serviços prestados, entre outras coisas importantes. Todo detalhe conta.

Aperfeiçoe constantemente a comunicação

A maioria dos problemas que ocorrem em um condomínio são decorrentes de questões mal comunicadas. Estas falhas depois viram verdadeiras bolas de neve.

Assim como nas empresas, garantir que a comunicação ocorra de maneira direta, clara e simples ajudará a evitar transtornos e alcançar os objetivos propostos.

Estude sobre gestão

Primeiramente, ser um síndico melhor requer estar atento a questões diversas e, muitas vezes, complexas. Assim, para que ocorra uma boa gestão, se faz necessário dominar questões legais, fiscais e estratégias de administração.

O dia a dia de um síndico envolve muitas questões relacionadas a temas como direito, finanças, comunicação, contabilidade, recursos humanos, compras, entre outros.

Simultaneamente, procure se manter atualizado participando de cursos, lendo sobre gestão condominial e conversando com outros profissionais da área. Dessa forma, todos saem ganhando com uma gestão mais completa.

Pratique e ensine a empatia

A gestão de um condomínio requer contato constante com pessoas. Por mais que as questões administrativas sejam importantes e cheias de detalhes, é por meio da relação com condôminos, funcionários e prestadores de serviços que se formará a imagem do síndico.

Pratique empatia e ensine os funcionários a se colocarem no lugar do outro. Assim, é possível minimizar crises e solucionar conflitos.

Seja organizado e detalhista

Parte do trabalho do síndico é burocrático e previsível. Entretanto, por falta de organização ou de atenção, não é raro que ocorram erros graves. Muitos condomínios perdem documentos ou levam multas por descontrole dos processos.

Evite deixar papéis se acumularem, adote e siga uma agenda simples. E, principalmente, comprometa-se a ser um exemplo de organização para todos.

Busque parcerias e delegue responsabilidades

Por mais eficiente e dedicado que seja o síndico, jamais ele conseguirá resolver todas as demandas se for centralizador e agir sempre sozinho. É importante saber dividir as tarefas. Isso é válido em todas as áreas.

Em todo condomínio, é possível encontrar talentos que podem ser aproveitados em prol de todos. Conheça bem os funcionários e os condôminos. Assim, poderá identificar quem pode auxiliar em ações específicas e quem pode se tornar um parceiro estratégico.

Delegue atividades e responsabilidades. Excesso de desconfiança afasta as pessoas. Além disso, o comportamento centralizador gera cansaço e erros evitáveis.

Pratique a criatividade

Seja pela falta de recurso ou pela rotina estressante e previsível, é importante que o síndico exercite a imaginação no seu trabalho.

Então, exercite suas ideias para economizar, conquistar parcerias, realizar ações de baixo custo, oferecer novos serviços ou simplesmente tornar o dia a dia mais interessante para todos.

Antecipe-se diante dos problemas

Com um pouco de planejamento e organização, é possível relacionar as questões que geram conflitos ou necessitam maior atenção e recursos. O plano preventivo de manutenção e reparos é um bom exemplo de ação que auxilia na programação financeira e de tarefas.

Para ser um melhor síndico hoje mesmo, é necessário ter vontade e disposição de se auto avaliar periodicamente e buscar novas maneiras de trabalhar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *