Cuidados básicos para a limpeza de piscina do condomínio
30 de outubro de 2019
7 qualidades que somente os melhores condomínios possuem
5 de novembro de 2019

O que é permitido e preciso para reformar fachada de prédio?

Reformar fachada de prédio representa um verdadeiro desafio para o síndico, sobretudo quando é necessário conciliar os condôminos. Em temas controversos, essa missão pode ser ainda mais difícil, envolvendo diversas reuniões que, geralmente, são longas e repletas de polêmicas.

Sem embargo, as condições externas do edifício são de grande importância, de forma que não é conveniente adiar as reformas por muito tempo. Afinal, situações precárias influem negativamente nos valores dos imóveis.

Pensando nisso, apresentamos, ao longo deste artigo, as principais informações para ajudar você a reformar fachada de prédio sem, para tanto, ter dores de cabeça. Boa leitura!

Elabore um planejamento financeiro bem detalhado

Os reparos na fachada tendem a ser dispendiosos, uma vez que requerem empresas especializadas, que garantam a segurança tanto dos trabalhadores envolvidos na obra quanto dos moradores do local.

Por tal motivo, é imprescindível elaborar um planejamento financeiro detalhado, que seja feito com a antecipação devida. Você terá de submeter a questão aos condôminos. No entanto, não se esqueça de que todas as coisas que mexem nos bolsos costumam ser de difícil resolução. Logo, uma programação de qualidade trará tranquilidade a todos.

Observe a legislação pertinente à necessidade de reformar fachada de prédio

Em momentos de crise, surpreender os moradores com taxas extras não é uma boa ideia. Portanto, o mais indicado é agir com clareza no que diz respeito a todos os itens, começando pela legislação. O artigo 1341 do Código Civil Brasileiro determina a necessidade de aprovação, por 2/3 dos condôminos, de obras que apresentem caráter opcional.

Para os reparos obrigatórios ou necessários, basta a autorização da maioria simples. Por se tratar de altos investimentos, a preparação é crucial. Lembre-se de que estamos abordando correções de engenharia que pesam sobre as despesas do seu condomínio.

Para evitar conflitos desnecessários, você deve apresentar os orçamentos de diferentes empresas, providenciando que entrem na sua lista somente as organizações que gozem de uma boa reputação.

Tenha em mente que imprevistos são comuns e podem encarecer as obras. Isso para não mencionar a inadimplência que, em meio a recessão econômica do mercado, tende a se elevar consideravelmente.

Comunique os benefícios desse investimento

Para obter a adesão dos condôminos, será preciso agir com um alto nível de persuasão. Uma das maiores vantagens de reformar fachada de prédio consiste na valorização dos imóveis.

Segundo os especialistas, o valor de um apartamento poderá crescer em até 20% após a finalização das benfeitorias. Outro bom argumento refere-se ao tempo médio entre as pinturas, que não ultrapassa três anos.

Nesse ínterim, é necessário, ao menos, retoques de tinta, além de reparos de manutenção e conservação que devem ser feitos. Se nada tiver sido realizado nesse sentido há mais tempo, você terá uma razão a mais para convencer os moradores.

Quando há problemas como falhas elétricas, infiltrações ou vazamentos, é possível utilizar a necessidade de solucioná-los para aconselhar os condôminos. Lembre de mencionar que, já que existirão incômodos decorrentes dessas intervenções, o melhor é aproveitar para reformar fachada de prédio, deixando-a realmente impecável!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *