Como destituir um síndico? Entenda todo o processo
5 de dezembro de 2020
5 cuidados preventivos contra incêndios em prédios
15 de dezembro de 2020

Inadimplência no condomínio em época de Natal: previna-se

Época de fim de ano costuma ser agitada para quem gerencia condomínios. Tem as festividades de Natal e Ano Novo ocupando os salões de festas, tem que pagar o 13º dos funcionários, planejar o próximo ano e assim por diante. Ao mesmo tempo, muitos moradores acabam aproveitando para viajar ou sair de férias, e não é tão incomum acabarem deixando algumas contas para trás. Assim, a inadimplência no condomínio em época de Natal costuma crescer.

O problema, aliás, foi agravado este ano por causa da pandemia. Com a redução da atividade econômica e os acordos de redução salarial, muitos condôminos precisaram escolher quais contas pagar. E, apesar de obrigatório e de ser importante para o bom funcionamento do local de moradia, o pagamento da cota do condomínio muitas vezes acabou ficando para trás.

Para evitar o aumento da inadimplência no condomínio em época de Natal, listamos algumas dicas a seguir. Confira!

Conscientize os condôminos

O primeiro passo para evitar a inadimplência no condomínio em época de Natal é mostrar aos moradores a importância do pagamento. Afinal, o bom funcionamento do prédio depende da correta manutenção dos espaços, de uma limpeza bem feita e periódica e das contas em dia.

Mostre para os condôminos que, quando alguém deixa de pagar, isso pode afetar rapidamente o caixa do condomínio. Mais do que isso, o atraso de um pode gerar insatisfação em quem paga em dia. E há ainda as implicações legais: atrasos geram multas, e inadimplência pode gerar ação judicial.

Não deixe as dívidas acumularem

Monitore o caso de cada um dos moradores. Ao primeiro sinal de atraso, entre em contato. Mas, tenha tato na conversa. Converse de forma amigável, explique a necessidade de colocar o condomínio em dia. Lembre ao morador que atrasos geram juros e que isso fará a conta ficar mais alta. Além disso, no mês seguinte, a mensalidade estará lá novamente.

Facilite o pagamento

A inadimplência no condomínio em época de Natal tem tudo para ser a mais fácil de ser resolvida. Afinal de contas, o fim do ano é a época em que há mais dinheiro em circulação, já que quem tem carteira assinada recebe o 13º salário, há aqueles que recebem os lucros e dividendos das empresas e assim por diante.

Assim, ofereça oportunidades para quem está devendo colocar o pagamento em dia. Ofereça formas simples de o condômino obter a segunda via do boleto de pagamento, por exemplo. Ou, já pensando em evitar problemas futuros, sugira que o condomínio seja pago em débito automático.

Outra boa opção, mas que tem que ter sido prevista em assembleia, é a do parcelamento da dívida. Essa alternativa merece ser especialmente observada neste ano devido às dificuldades impostas pela pandemia.

Não exponha o devedor

Caso a negociação não tenha resolvido, procure auxílio de empresas especializadas em cobrança de dívidas. Faça, ainda, notificações prévias. Evite brigas.

Em hipótese alguma, exponha o devedor. Avisos públicos de inadimplência podem gerar ações por dano moral e levar uma dor de cabeça ainda maior ao condomínio.

Gostou de nossas dicas sobre como evitar a inadimplência no condomínio em época de Natal? Então curta, compartilhe e veja outros artigos no nosso blog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *