7 erros na gestão do condomínio que devem ser evitados a todo custo
24 de junho de 2019
O AVCB (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros) e sua importância nos condomínios
3 de julho de 2019

Entenda por que as despesas no condomínio devem ser bem administradas

Administrar corretamente as despesas no condomínio é uma grande preocupação dos síndicos e conselheiros que querem manter uma gestão eficiente e transparente. A boa gestão requer conhecimentos diversos como questões fiscais, legislação civil e trabalhista e normas municipais.

Esta grande demanda de informações e cuidado com tantos detalhes faz com que alguns condomínios optem por ter síndicos especialistas nestas áreas e muitos outros decidem por contar com o trabalho de uma administração externa e profissional.

Como administrar as despesas do condomínio

A administração das despesas no condomínio deve ser feita com a mesma atenção e planejamento utilizados para se gerir uma empresa.

O primeiro passo para organizar contas condominiais consiste na realização de um planejamento detalhado do fluxo de caixa. O fluxo de caixa é um instrumento de controle financeiro que monitora todas as manifestações financeiras dentro de um período de tempo.

Este acompanhamento de entradas e saídas de recursos auxilia na previsão futura de gastos, contabiliza projeções de valores a serem recebidos e organiza o fluxo de pagamento de contas.

As despesas periódicas devem receber atenção redobrada no trabalho de administração financeira condominial.

Questões como pagamento de impostos, água, luz, limpeza de caixa d’água, revisão de extintores, dedetização e manutenção preventiva devem constar no planejamento financeiro, sendo acompanhadas de perto para evitar erros ou atrasos.

O pagamento de obrigações trabalhistas também deve constar no radar de observação das finanças. Além do pagamento de salários, é importante criar provisão para o pagamento do 13º salário, férias, entre outros.

Obras, pequenos reparos e trabalhos de manutenção preventiva devem ser planejados com cuidado para se evitar desperdícios, organizar pagamentos e controlar os custos.

A compra de materiais é outra questão que costuma causar dores de cabeça de quem administra as despesas no condomínio. É importante realizar boas pesquisas de preços, acompanhar o processo de negociação e garantir que os produtos adquiridos sejam de boa qualidade a fim de não precisar recomprar itens.

O acompanhamento diário do fluxo de caixa permite projetar cenários financeiros futuros, tanto de tudo aquilo que o condomínio tem para receber, quanto as contas que deverão ser pagas dentro do calendário financeiro.

Dentre as vantagens do planejamento correto das contas, estão a possibilidade de se criar reservas financeiras para situações emergenciais, evitar dívidas desnecessárias e até obter descontos por pagar à vista ou adiantado.

Vantagens de contar com uma administração profissional

A administração das despesas no condomínio pode ser realizada pelo síndico com o apoio dos conselheiros fiscais, entretanto, o trabalho de uma empresa especializada em gestão condominial pode ser fundamental para uma gestão mais eficiente.

Evitar erros no controle financeiro, garantir o pagamento em dia das contas e o cumprimento da legislação estão entre os principais benefícios deste tipo de administração.

Além de evitar gastos desnecessários e problemas futuros, a administração realizada por uma empresa especializada também auxilia na organização de um fluxo de caixa adequado para as ações futuras desejadas pelos condôminos.

Garantir total transparência das contas é outra vantagem desta estratégia de gestão. Poder contar com auditorias periódicas, detalhamento das informações e acesso fácil aos dados traz tranquilidade e satisfação aos condôminos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *