Falta de isolamento social nos condomínios pode trazer consequências
3 de dezembro de 2020
LGPD nos condomínios: veja como se adequar às mudanças
4 de dezembro de 2020

Corpo Diretivo do Condomínio: membros e funções

O que é e o que faz um Corpo Diretivo do Condomínio? Essa dúvida surge principalmente para quem não é da área de gestão e também para quem está iniciando na área.

Você, que mora em condomínio, talvez já tenha visto ou ouvido o termo. Ou, talvez, tenha reparado que ele é comum em alguns prédios, mas, não em todos. De fato, um Corpo Diretivo do Condomínio não é obrigatório em prédios residenciais.

No entanto, por que alguns condomínios fazem questão de tê-lo? Quais seriam as funções que exercem?

Respondemos nos tópicos abaixo. Confira!

Sobre o Corpo Diretivo do Condomínio

Certamente, a vida de um síndico não é fácil. Precisa lidar com várias questões. Mediar conflitos, programar manutenções, encomendar reparos de última hora, organizar assembleias, administrar a parte contábil.

Enfim, faz diversas funções e muitas vezes nem é reconhecido pelo que faz. Ou não consegue dar conta.

Uma solução para ajudá-lo a cumprir todas as suas obrigações e aliviar a sua carga é a implantação de um Corpo Diretivo do Condomínio.

Mas, o que é um Corpo Diretivo do Condomínio?

O Corpo Diretivo do Condomínio reúne condôminos que exercem funções específicas na gestão predial. Por exemplo, há o condômino que presta o serviço de zeladoria, outro que fiscaliza a contabilidade, outro que substitui o síndico.

A ideia é dividir as tarefas da administração, auxiliar o síndico e também fiscalizá-lo quanto ao cumprimento do Regimento Interno.

Contudo, a sua composição e função não seguem um padrão fixo. Pode apresentar pequenas diferenças em relação a outros condomínios. Isso ocorre porque é comum que haja diferenças de Regimentos Internos.

Veja, a seguir, os principais cargos de um Corpo Diretivo do Condomínio.

Síndico

Certamente, a figura mais conhecida e importante. O síndico exerce a administração geral. Ele tem a obrigação de garantir o cumprimento do Código Civil.

Também tem que fazer valer o Regimento Interno e da Convenção do Condomínio.

Subsíndico

Sem dúvida, outra figura bem conhecida, ou melhor, cargo bem conhecido. Porém, conhecido mais de nome, porque muitas pessoas não sabem definir ao certo a sua função.

Esse cargo não é obrigatório, contudo, ele é importante. Afinal, ele fica responsável de substituir, de modo temporário, o síndico. E uma vez assumindo o lugar do síndico, ele responde diretamente ao condomínio e não ao titular da vaga.

Conselheiro fiscal

Os conselheiros integram o Conselho Fiscal. E o que seria tal Conselho? Ele exerce a função de fiscalizar as contas do condomínio. É composto, geralmente, por 3 membros.

Em alguns casos, existe o chamado Conselho Consultivo. Tem a função de prestar consultoria ao síndico. Também é composto por 3 membros. A sua necessidade tem que estar prevista na convenção do condomínio.

Zelador

Por fim, temos o cargo de zelador. Certamente, é outra das funções mais conhecidas. Ele se responsabiliza por zelar pelas atividades em andamento no prédio.

Ele é o líder dos funcionários. Por isso, precisa ter noção de gerenciamento, principalmente de pessoas.

Gostou deste conteúdo sobre Corpo Diretivo do Condomínio? Então, navegue pelo blog da ASC Service e confira nossos outros artigos que vão facilitar seu dia a dia e sua gestão!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *