5 dicas legais e práticas para ter mais qualidade de vida
29 de março de 2019
Quais as atribuições do conselho fiscal? E quais as responsabilidades, caso o mesmo seja omisso?
1 de abril de 2019

Como o compartilhamento de áreas no condomínio pode beneficiar os moradores?

O compartilhamento de áreas no condomínio é uma tendência que vem crescendo continuamente nos últimos anos.

Os problemas enfrentados em cada vez mais cidades do Brasil, como a falta de segurança, o trânsito caótico das grandes cidades e as dificuldades financeiras enfrentadas por muitas famílias em todo o país contribuem para que esses espaços, que antes acabavam sendo deixados de lado, sejam cada vez mais utilizados pelos condôminos.

Entenda como o compartilhamento de áreas no condomínio pode beneficiar os moradores e por que essa é uma tendência cada vez maior nos lançamentos imobiliários.

Principais espaços compartilhados nos condomínios

Além do compartilhamento de áreas no condomínio como piscina e quadras poliesportivas, os novos empreendimentos estão sempre buscando oferecer novidades para conquistar cada vez mais clientes.

Veja alguns exemplos de como o compartilhamento de áreas no condomínio pode ser benéfico para os moradores.

Academia

Os espaços fitness oferecem todos os equipamentos necessários para que os condôminos possam praticar suas atividades físicas sem a necessidade de se deslocar até uma academia.

Horta compartilhada

Espaço criado para o plantio de hortaliças que podem ser divididas e consumidas por todos os moradores.

Espaço gourmet

Exemplo de como o compartilhamento de áreas no condomínio pode beneficiar mesmo os moradores que vivem em apartamento, oferecendo estrutura e conforto para receber amigos e familiares para confraternizações.

Lavanderia compartilhada

Além de evitar que o morador precise levar suas roupas até uma lavanderia, se esse for o caso, ainda permite que os moradores que vivem em apartamentos menores cuidem de suas roupas sem a necessidade de instalar máquinas de lavar e secar em seus apartamentos, aumentando a área útil do local.

Coworking

Com o surgimento cada vez maior de profissões e empresas que adotam a prática do home office para seus funcionários, o número de empreendimentos que possibilitam o compartilhamento de áreas no condomínio onde os moradores podem desempenhar seu trabalho com toda estrutura necessária vem aumentando bastante.

Transporte

O aluguel de bicicletas compartilhadas já é uma realidade nas principais capitais do país e essa tendência já se expandiu até os condomínios.

Diversos empreendimentos contam com o sistema de empréstimo de bikes para os condôminos e há ainda os condomínios que enxergam esse sistema como uma forma de gerar receita.

Alguns condomínios residenciais disponibilizam o aluguel de bicicletas também para os moradores da região onde encontram-se os edifícios, mediante o pagamento de um valor, que poder ser tanto cobrado de forma única quanto por hora.

Essa pode ser uma boa forma de fazer com que o compartilhamento de áreas no condomínio, além de melhorar a vida dos condôminos de maneira geral, ainda gere receitas que podem significar uma redução nos custos de taxas e outros valores necessários para a manutenção dos espaços compartilhados, por exemplo.

Considerações finais

O compartilhamento de áreas no condomínio, que antes se restringia ao salão de festas e, às vezes, incluía uma piscina, é tratado com muita atenção pelas construtoras na hora de criarem seus produtos.

Dessa forma, o compartilhamento de áreas no condomínio pode ser extremamente benéfico para os moradores que podem aproveitar melhor os espaços pelos quais estão pagando, e em alguns casos fazer com que esses mesmos espaços se tornem geradores de receita para todo o condomínio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *