Como funciona a contratação de síndico profissional?
7 de setembro de 2020
Manutenção da quadra do condomínio merece atenção
11 de setembro de 2020

Como lidar com atrasos na taxa condominial?

A inadimplência e atrasos na taxa condominial são problemas muito comuns em condomínios de todo o país. Ainda assim, manter a situação organizada é fundamental. Confira 5 dicas valiosas para saber como driblar esse problema da melhor forma!

5 dicas para lidar com atrasos na taxa condominial

1. Regras claras e bem estabelecidas

Um dos primeiros pontos que é importante ressaltar, sem dúvidas, é a necessidade de regras claras. Ocorre que muitos condomínios deixam de lado essa questão, oferecendo uma liberdade excessiva para condôminos. Logicamente, isso pode causar desentendimentos de todos os tipos.

Dessa maneira, todo condômino novo ou antigo no local não somente deve, como também precisa, ter acesso rápido e claro a todas as regras do condomínio. Essas regras, assim sendo, também devem falar sobre os atrasos na taxa condominial.

É uma das formas mais seguras e corretas de manter todos em alerta. Com isso, também é possível reduzir as chances de um condômino agir de má-fé, por exemplo. Afinal, as regras estão acessíveis e claras para todos os moradores e, até mesmo, funcionários do local.

2. Notifique os atrasos na taxa condominial

As notificações de atrasos na taxa condominial são importantes para manter a clareza. Mesmo sendo difícil, supõe-se que uma pessoa esqueça-se de realizar o pagamento. Nesse momento, pode-se alertá-la de maneiras mais práticas, como:

  • Lembretes no WhatsApp;
  • E-mails;
  • Notificações via app do condomínio.

As notificações também podem ser enviadas antes mesmo de ocorrer qualquer atraso. Assim, todos os moradores lembrarão de realizar o pagamento. De qualquer forma, caso ele não seja realizado, é possível então enviar uma carta assinada ao morador, dependendo da situação.

3. Converse

Nem sempre o morador deixa de pagar porque realmente quer. Alguns imprevistos podem ocorrer, mas eles não podem ser deixados de lado. Com isso, conversar com o morador – melhor se for pessoalmente – é uma ótima maneira de entender a situação.

Nesses momentos, no entanto, é indispensável ser discreto, chamá-lo até o seu apartamento, um escritório ou ir até o apartamento do indivíduo. É indispensável fazer com que o condômino inadimplente sinta-se confortável e possa explanar a situação.

4. Entre em um acordo

Entrar em um acordo depende muito da reputação do condômino, situação e diversos outros aspectos. Até mesmo porque existem moradores de ótima índole e que sempre pagaram em dia todas as contas do condomínio.

Com isso, mostrar os problemas que o condomínio também pode ter com os atrasos na taxa condominial fará com que ele veja o outro lado da situação. Sendo assim, dentro dos limites, é possível estabelecer determinados acordos para que ele pague sem se apertar financeiramente.

5. Ação judicial

Infelizmente, ocorrem problemas nos atrasos na taxa condominial que somente podem ser resolvidos a partir do momento que o morador é acionado judicialmente. Para isso, é preciso ter uma equipe especializada, já que será necessário contar com o auxílio do advogado do condomínio.

Mesmo que seja algo um tanto quanto desconfortável, é uma das melhores alternativas de ter segurança em uma negociação, bem como garantir que todos os direitos do condômino, do condomínio e síndico sejam garantidos.

Auxílio de equipe especializada

Atuando há mais de 20 anos em gestão condominial, a ASC Service é a melhor alternativa para garantir segurança e altos níveis de satisfação em todos os aspectos que envolvem as rotinas condominiais, incluindo atrasos na taxa condominial. Confira mais informações aqui!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *